sebrae 728x90
Detran 01.07
GOV - faz faz faz

CEO do X/Twitter diz que relatório contra a rede social é "enganoso"; entenda

Em nota enviada aos funcionários do X (antigo Twitter), a CEO da empresa, Linda Yaccarino, chamou de "enganoso e manipulado" o relatório que acusa a rede social de colocar materiais publicitários ao lado de postagens antissemitas.

Por Adeilson em 21/11/2023 às 17:25:56
Foto: Reprodução internet

Foto: Reprodução internet

Em nota enviada aos funcionários do X (antigo Twitter), a CEO da empresa, Linda Yaccarino, chamou de "enganoso e manipulado" o relatório que acusa a rede social de colocar materiais publicitários ao lado de postagens antissemitas.

Embora alguns anunciantes possam ter interrompido temporariamente os investimentos devido a um artigo enganoso e manipulado, os dados contarão a história real. Porque para todos nós que trabalhamos no X, temos sido extremamente claros sobre nossos esforços para combater o antissemitismo e a discriminação, já que não há lugar para isso em nenhum lugar do mundo.

Linda Yaccarino, CEO do X.

Leia mais:

Entenda o que aconteceu

  • Na última semana, a organização sem fins lucrativos Media Matters for America alegou que o X colocava anúncios ao lado de publicações antissemitas, incluindo citações de Adolf Hitler e memes nazistas;
  • O relatório descobriu que essas publicações estavam junto de grandes anunciantes como Apple, Disney, Warner Brothers Discovery e mais;
  • A informação fez com que dezenas de empresas, como IBM, Coca-Cola, Heineken, Nestlé, Jeep, Verizon, dentre outras, retirassem seus anúncios do X;
  • A lista completa de empresas que deixaram de anunciar no X pode ser conferida no site da Media Matters for America;
  • Após a repercussão do relatório, o X abriu uma ação judicial contra a organização sem fins lucrativos afirmando que as descobertas foram "manipuladas";
  • O relatório foi divulgado dias após Elon Musk, dono do X, se envolver numa nova polêmica ao demonstrar apoio a uma teoria da conspiração na rede social que responsabilizava os próprios judeus pelo aumento do antissemitismo na internet.

Segundo Yaccarino, "uma minoria vocal está tentando usar ataques enganosos para minar” o trabalho da rede social, conforme reportou o The Hollywood Reporter, que teve acesso ao memorando completo enviado aos funcionários do X.

Em meio a tudo isso, Linda Yaccarino tem sido pressionada a deixar a empresa. Como divulgou a Forbes, executivos de publicidade conhecidos entraram em contato com ela e questionaram o motivo de a CEO arriscar sua reputação para proteger Musk. O grupo sugeriu que ela renunciasse ao cargo.

Antes de assumir o comando do X, Yaccarino era presidente de publicidade global e parcerias da NBCUniversal. Saiba mais.

Fonte: Olhardigital

Comunicar erro
banner tvsampaio 728x90 - local 6
CAMPOS
Detran 20-27.10
CESMAC 2024.2 728x90 l1

Comentários

banner TAVARES - 728X90 - 2
banner tv sampaio - local 3
p.contas GOV