FOUR
FOUR 2
FOUR 3
prefeitura

Palavras não ditas sufocam

Por Gabriela Pachioni

Por Gabi Pachioni em 16/08/2021 às 15:36:33

Foto: Reprodução

Demorei muito tempo pra aprender que palavras não ditas sufocam. Contudo, não é porque sufocam que não saem por algum lugar. Sonhos, lapsos, sintomas, chistes são um conjunto daquilo que estamos sufocando há anos.

Já parou pra pensar porque somos ensinados quando pequenos a escrever em um diário? Ninguém tem tempo de ouvir aquilo que você sente, mas, ensina que é preciso confessar aquilo que a cultura considera pecaminosa, ninguém tem tempo de ouvir aquilo que lhe feriu, mas, te julga se um dia você sair do seu eixo de equilíbrio, te julga se você deprime, te julga se você sente que a qualquer momento algo ruim pode acontecer.

Desde pequena a escrita sempre foi um refúgio, sentia que ao escrever conseguia expor meus mais profundos sentimentos. Mesmo escrevendo naquele diário que sempre possuiu o intuito de confessar e expor a voz que não é me proporcionada, escondia aquelas palavras por serem íntimas demais, ínfimas demais, dolorosas demais.

Não fale, não sinta, se cale. Anos após anos guardando palavras, anos após anos do não dito me levarem pra terapia, processo dolorosos, difícil, necessário, entretanto, é ali que aprendemos a não silenciar as palavras que precisam ser ditas, aquelas que definem.

Por que se sentir sempre uma impostora?

Claro que todos os conceitos que eu expor não lhe permitira entrar em contato com a sensação de ser sempre um fracasso. Palavras não ditas te tornam um impostor. Palavras não ditas sufocam qualquer alegria. Palavras não ditas destroem sonhos. Palavras não ditas te diminuem a pó.

Palavras não ditas te fazem ir à procura de algo ou alguém que conserte o peso do silêncio, que te faça livre. E é nesse momento que falhamos, é nesse momento que caímos, pois, vivemos constantemente depositando nossa necessidade de gritar para o mundo em coisas e pessoas que não irão fazer nada além de nós silenciar cada vez mais.

Triste pensar que demoramos tanto tempo escondendo o que realmente queremos dizer para o mundo. E é só naquele divã sentado com o olhar para o teto que conseguimos realmente ser livre. E é naquele divã ouvindo tudo aquilo que não foi dito que começamos a liberar anos de sufoco. E é naquele divã que aprendemos e recuperamos a voz pedida durante todos esses anos.

Por isso, caro leitor, faça terapia.

camara
prefeitura
BET
GOVERNO HEMOAL