Profissionais do Hospital da Mulher recebem cartas de agradecimento de Testemunhas de Jeová

Por Redação em 19/02/2021 às 16:37:44
Marcel Vital

Marcel Vital

Estudos apontam que palavras otimistas ajudam na recuperação de pessoas que estão em tratamento médico e, também, estimulam os profissionais de saúde que enfrentam desafios como os vivenciados na pandemia da Covid-19. Pensando nisso, um grupo de voluntários da Congregação das Testemunhas de Jeová escreveu cartas de incentivo e cumprimentos para os profissionais do Hospital da Mulher (HM), localizado no bairro Poço, em Maceió.

Escritas individualmente, a próprio punho, as cartas emocionaram os profissionais. A ação foi pensada pelos integrantes da Congregação das Testemunhas de Jeová como forma de acolher e proporcionar carinho aos profissionais que, desde o final de março de 2020, estão atuando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

Cartas entregues aos trabalhadores do HM servem como estímulo para seguirem no enfrentamento à pandemia da Covid-19

"Entendemos o nosso trabalho como um reflexo do amor de Deus. Então, nada é mais justo que agradecer aos trabalhadores da saúde com as cartas escritas a punho, personalizando, desse modo, nossa gratidão", destacou Jarbas Montenegro, voluntário da Congregação das Testemunhas de Jeová.

Ao todo, 1.000 correspondências foram destinadas aos médicos, técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, bem como, as equipes de limpeza e áreas administrativas.

Mais de mil cartas foram destinadas aos profissionais de saúde

Para os profissionais, a iniciativa repercutiu como uma importante ação de aconchego, carinho e atenção, visto que, a cada plantão, emergem experiências marcadas pela humanização. Prática, que é caracterizada como a mais singular que existe na profissão de quem trata com a vida humana.

Fisioterapeuta da UTI Covid-19 do HM, Danielly Palmeira ressaltou que cartas estimulam os profissionais a continuarem a luta contra a Covid-19

A fisioterapeuta da UTI Covid-19 do HM, Danielly Palmeira, destacou o carinho com que a equipe recebeu as cartas. "Estamos passando por momentos difíceis e atuar na linha de frente está sendo bastante desafiador. Receber esse carinho, em meio a tantos acontecimentos, conforta nossos corações. É uma sensação de abraço coletivo. Sabemos que não estamos sozinhos nessa batalha. Muita gratidão por cada palavra escrita nas cartinhas e por tanta empatia", destacou.

*Redação TV Alagoas com Assessoria

Comunicar erro
maple 1

Comentários

META