sebrae 728x90
Maio Amerelo Detran
Arapiraca - 17.05-31.05
Gov institucional 22.05 - 31.05

Hospital Metropolitano de Alagoas passa a oferecer cirurgias por vídeo

Por ser minimamente invasivo, o procedimento reduz o tempo de recuperação dos pacientes e minimiza riscos de infecções

Por Redação em 15/05/2024 às 12:03:21
Reprodução

Reprodução

Já foi o tempo em que as cirurgias na área de urologia eram realizadas, impreterivelmente, através de grandes incisões, com duração muito extensa, riscos maiores de infecção hospitalar e longo tempo para recuperação do paciente. O Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió, unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), entra na era de procedimentos cirúrgicos urológicos por vídeo, através da endoscopia.

De acordo com o médico urologista, Sérgio Lopes, coordenador do Serviço de Urologia do HMA, este avanço no atendimento dos usuários, por ser minimamente invasivo, reduz o tempo de recuperação dos pacientes, diminui riscos de infecções, além de acelerar a rotatividade de leitos. A unidade está habilitada para realizar as cirurgias de próstata, bexiga e cálculos urinários.

Ainda segundo Sérgio Lopes, os profissionais de urologia objetivam dar andamento aos procedimentos cirúrgicos que estão parados em fila, por antes não ter assistência no SUS.

"A demanda urológica da Sesau tem sido prioridade, além disso, resolvemos as patologias mais presentes na população, procedimentos que antes eram feitos pela rede conveniada e, agora, serão realizados aqui no HMA, totalmente pelo SUS, e de forma minimamente invasiva", frisou o coordenador do Serviço de Urologia do HMA.

Em Alagoas, o HMA é a primeira unidade de saúde do SUS que presta este tipo de atendimento. Isto significa que a grande demanda reprimida de cuidados da área, em todo o Estado, será reduzida aos poucos, favorecendo a um grande número de usuários, segundo ressalta o urologista do HMA, Eduardo Nunes.

"Iniciamos uma nova fase no HMA, com a realização das cirurgias urológicas endoscópicas. Entre os procedimentos do plantão, realizamos um de cálculo renal, um tipo de cirurgia que tínhamos muita dificuldade em fazer pelo SUS e, agora, faremos aqui no Hospital Metropolitano", esclareceu Eduardo Nunes, que realizou o procedimento da paciente M.S.V., de 43 anos, que se recuperou bem.

Filipe Fernandes, diretor do HMA, reforça a importância dos esforços para o aumento da complexidade para um melhor atendimento aos pacientes.

"Este processo de implantação de equipamentos de ponta e de novos serviços é fundamental para o bom desenvolvimento do SUS em Alagoas. E com a implantação das cirurgias endourológicas, daremos um salto de qualidade muito grande não só para os pacientes que residem na capital, bem como, em todo o Estado", salientou.

Atendimento

O atendimento será referenciado. Para isso, o alagoano precisa possuir prontuário médico e prescrição médica solicitando o serviço. A marcação para este procedimento será realizada após atendimento do usuário por uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de residência do paciente, onde ele será atendido por um médico que verificará a necessidade de um serviço especializado e encaminhará a solicitação pelo Sistema de Regulação Médica Estadual (SISREG).

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, a implantação do Serviço de Cirurgia Urológica por Vídeo é um passo importante para qualificar, ainda mais, a assistência aos pacientes do SUS que necessitam deste tipo de procedimento.

"Com as cirurgias urológicas por vídeo, teremos procedimentos minimamente invasivos, mas, realizados com eficiência, e agilidade, além de trazer mais qualidade para o paciente, já que a recuperação ocorre em menor tempo", frisou o titular da Sesau.

Fonte: Secom Alagoas

Comunicar erro
banner tvsampaio 728x90 - local 6
CAMPOS
Detran 20-27.10
CESMAC 2024.2 728x90 l1

Comentários

banner TAVARES - 728X90 - 2
banner tv sampaio - local 3
p.contas GOV