sebrae 728x90
arapiraca nov e dez
Gov. TEM,TEM,TEM - abril

Psicóloga reforça a importância do diagnóstico precoce do TDAH

Fernanda Barreto destaca que tratamento possibilita uma vida produtiva e satisfatória

Por Redação em 03/10/2023 às 09:45:49
Reprodução

Reprodução

Em um mundo cada vez mais repleto de estímulos visuais e sonoros, manter o foco pode ser um desafio para muitas pessoas. No entanto, para aqueles que convivem com o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade - o TDAH, esse desafio se multiplica. Entender esse transtorno, suas nuances e as estratégias de enfrentamento são ações fundamentais para garantir qualidade de vida tanto de crianças e adultos. Embora não tenha cura, hĂĄ tratamentos eficazes que possibilitam uma vida produtiva e satisfatória.

Segundo a neuropsicóloga Fernanda Barreto, o TDAH é um transtorno neurobiológico crônico caracterizado por problemas de atenção, hiperatividade e impulsividade. "É um transtorno multifatorial, influenciado tanto por fatores genéticos quanto ambientais, e frequentemente identificado na infância", afirmou. "O TDAH não é uma sentença. Com o diagnóstico correto, apoio e estratégias adaptadas, crianças e adultos com TDAH podem viver vidas plenas, produtivas e gratificantes", disse.

Fernanda lembrou que identificar o TDAH na infância é crucial, pois a detecção precoce permite o desenvolvimento de um plano estrutural personalizado que ajuda a criança a lidar com os sintomas e desafios associados. "O diagnóstico precoce não apenas favorece uma adaptação mais eficaz, mas também minimiza as dificuldades acadĂȘmicas e sociais," explicou a neuropsicóloga. "Algumas pessoas com TDAH podem necessitar de medicação, enquanto outras se beneficiam significativamente de terapias comportamentais e ajustes ambientais", analisou.

TRATAMENTO

Fernanda lembrou que é notório que muitos indivíduos só recebem o diagnóstico de TDAH na fase adulta. "Nesses casos, o reconhecimento do transtorno pode ser um momento de iluminação, explicando anos de lutas com a atenção, a organização e a impulsividade. Ainda assim, com o apoio adequado, esses adultos podem desenvolver estratégias para maximizar seus pontos fortes e mitigar os desafios", reforçou a neuropsicóloga.

Para crianças diagnosticadas, o apoio parental, educacional e social é fundamental. Quando as crianças aprendem sobre seu próprio transtorno e são apoiadas em seu desenvolvimento, elas levam uma vida adulta mais equilibrada e bem-sucedida. Fernanda Barreto reitera a importância do suporte contínuo. "É uma jornada de adaptação. Cada pessoa com TDAH é única e requer uma abordagem personalizada para florescer e viver melhor", acrescentou.


Fonte: Redação com assessoria

Comunicar erro
banner tvsampaio 728x90 - local 6
CAMPOS
Detran 20-27.10
CESMAC 50 - NOV2023
Clinica Sesi 25.03

ComentĂĄrios

banner TAVARES - 728X90 - 2
banner tv sampaio - local 3
p.contas GOV