BannerAseguir3

Silverstone anuncia acordo com F-1 para fazer duas corridas neste ano

A direção do Circuito de Silverstone anunciou nesta sexta-feira (15) que chegou a um acordo com a Fórmula 1 para fazer duas corridas no tradicional traçado nesta [...]

Por Pedro em 15/05/2020 às 15:13:59

A direção do Circuito de Silverstone anunciou nesta sexta-feira (15) que chegou a um acordo com a Fórmula 1 para fazer duas corridas no tradicional traçado nesta temporada. Mas a realização de duas provas no GP da Inglaterra ainda vai precisar da aprovação do governo britânico.

"Estou feliz de confirmar que Silverstone e a Fórmula 1 chegaram a um acordo, a princípio, para receber duas corridas com portões fechados nesta temporada", anunciou Stuart Pringle, diretor-geral do tradicional circuito inglês. "Gostaria de agradecer todos os nossos fãs e de garantir a eles que estamos determinados a fazer tudo que pudermos para ajudar a Fórmula 1 com o show nesta temporada."

No entanto, Pringle admitiu que a realização das provas, ambas com os portões fechados, ainda precisa de liberação do governo. "Estas corridas estão sujeitas à aprovação do governo porque nossa prioridade é a segurança de todos os envolvidos e a atenção a todas as regras relacionadas à Covid-19."

Nos últimos dias, o governo britânico e autoridades do esporte vêm conversando sobre a flexibilização de algumas atividades, como a disputa de competições de diversas modalidades. O Campeonato Inglês, por exemplo, está perto de ter seu retorno confirmado para junho.

Inicialmente, o GP da Inglaterra estava marcado para 19 de julho Com a futura revisão do calendário, em processo constante de mudança em razão da pandemia, as duas provas em Silverstone devem ser realizadas nos dias 26 de julho e 2 de agosto. As datas ainda não foram divulgadas.

A etapa inglesa, assim, seria a segunda do calendário revisado. A primeira será o GP da Áustria, em 5 de julho, no Circuito de Spielberg. Pelo cronograma inicial da F-1, a corrida austríaca seria apenas a 11ª. No entanto, as dez etapas anteriores foram adiadas ou canceladas devido à pandemia.

Nos últimos dias, diversas especulações vêm sendo feitas quanto ao revisado calendário da F-1, ainda não revelado totalmente. Mas já estão confirmadas a corrida final em Abu Dabi, sendo precedida pelo GP do Bahrein, que deveria ser em março e agora deve ser realizado somente em novembro. O GP do Brasil deste ano ainda não foi oficializado no novo cronograma.

Há rumores de que o GP da Inglaterra não seria o único com duas corridas. A realização de provas no mesmo circuito seria uma forma de reduzir o deslocamento das equipes e de suas grandes estruturas enquanto a Covid-19 ainda apresenta novos casos na Europa.

*Estadão Conteúdo

Fonte: JP

ZPTRAN AutoEscola

Comentários

META