FOUR
FOUR 2
FOUR 3
prefeitura

Bolsonaro examina possível filiação ao PP

Ida de CIro Nogueira para Casa Civil facilitaria as negociações

Por Sandro Melo em 23/07/2021 às 09:44:25

Jair Bolsonaro. Foto: Fábio Rodrigues/Agência Brasil

O cenário político para as eleições 2022, quando serão escolhidos os governadores, senadores, deputados estaduais, federais e para a Presidência da República está começando. É de conhecimento de todos que o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido) irá concorrer à reeleição e com grandes chances de vitórias.

Mesmo faltando mais de um ano para o pleito, a maioria dos políticos adota um discurso de evitar falar sobre uma possível candidatura, mas que nos bastidores o posicionamento é totalmente diferente. A mais nova informação nos corredores dá conta que Bolsonaro está mais próximo de uma filiação ao Partido Progressista (PP), isto porque o presidente convidou Ciro Nogueira para ocupar a Casa Civil.

O presidente da República já foi filiado ao PP até 2015 quando acabou se desfiliando. O motivo da saída é que Bolsonaro não tinha muito espaço no partido para se candidatar à Presidência da República nas eleições 2018. O movimento no xadrez político deu certo, o então deputado federal se filiou ao PSL e venceu as eleições há três anos.

"O Centrão é um nome pejorativo. Eu sou do Centrão. Eu fui do PP metade do meu tempo, fui do PTB, fui do então PFL (hoje DEM), no passado integrei siglas que foram extintas, como PRB, PPB. O PP, lá atrás, foi extinto, depois nasceu novamente da fusão do PDS com o PPB, se eu não me engano. Agora, nós temos 513 parlamentares. O tal Centrão, que eu chamo de pejorativamente isso, são alguns partidos que lá atrás se uniram na campanha do Alckmin e ficou, então, rotulado Centrão como algo pejorativo, algo danoso à nação. Não tem nada a ver. Eu nasci de lá. A Tereza Cristina é do PFL, atualmente Democratas. O Onyx Lorenzoni também é do democratas. O Ciro Nogueira, que deve integrar o governo, é do PP", explicou.

Entretanto, aos apoiadores ligados à Bolsonaro também estão conversando com o partido Patriota para uma possível filiação do presidente da República. Pesa a favor do PP o fato de ser uma sigla que possui mais recursos, é um partido grande e dispõe de recursos e estrutura para bancar e arcar com uma eleição presidencial.

A decisão está nas mãos do presidente, que irá avaliar a jogada perfeita neste xadrez político, que visa às eleições 2022. Bolsonaro ainda tem tempo para se decidir e realizar a melhor opção.

camara
prefeitura
BET
GOVERNO HEMOAL