BannerAseguir3

Cinco citações coringas para usar na redação sobre educação - Por Maísa Carla

Por Reddicas em 02/10/2020 às 15:09:16

Sabe quando você está escrevendo sua redação e não consegue lembrar de nenhum repertório? Mas, se a resposta foi sim, você vai gostar desse post.

Uma citação coringa é um repertório que vai te ajudar a poupar tempo, tentando lembrar algum repertório específico, e ainda te dará propriedade pois –através da prática- sua argumentação será aperfeiçoada em cima dessas alusões.

Contudo, lembre-se que, não existe um esqueleto mágico de redação que irá te garantir o MIL, mas através da utilização desses repertórios com frequência, sua escrita torna-se mais aperfeiçoada.

Além disso, é importante enfatizar que a competência 2 do ENEM exige que você aplique conceitos de outras áreas do conhecimento, aqui chamamos de repertório ou alusões, no entanto, o elemento principal da sua redação é a argumentação, que estará apoiada no repertório que você escolheu. Portanto, é necessária atenção para que seu texto não seja somente expositivo, mas DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO.

Tendo isso em mente, a seguir, 5 repertórios que você pode utilizar em qualquer tema de EDUCAÇÃO.

1. LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996 - Diretrizes e bases da educação nacional.

Art. 2º A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

Como utilizar na redação?

No eixo temático, a educação sempre estará associada a algum problema existente no Brasil, seja a evasão escolar, o analfabetismo funcional e inclusive o bullying. Dessa forma, é importante lembrar que a educação deve ser assegurada pelo Estado, e que deve também preparar o indivíduo para o exercício da cidadania e para o trabalho. Assim, até mesmo o desemprego pode ter como uma causa a educação precária.

2. Paulo Freire.

"Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção. "

A escola não deve ofertar uma educação bancária, isto é, depositar conhecimentos na mente do indivíduo. Mas, é necessário educar o indivíduo para que ele "tome as rédeas da própria vida", e para isso, o indivíduo precisa aprender a "ler o mundo".

"Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo. "

Como utilizar na redação?

Paulo Freire, educador, pedagogo e filósofo brasileiro, é conhecido mundialmente por influenciar o movimento conhecido como pedagogia crítica. É considerado o Patrono da Educação Brasileira e por esse motivo, é praticamente impossível falar de educação no Brasil e não citar ele.

3. Émile Durkheim – Sociólogo francês

"A educação é uma socialização da jovem geração pela geração adulta".

"A construção do ser social, feita em boa parte da educação, é assimilação pelo indivíduo de uma série de normas e princípio – sejam morais, religiosos, éticos ou de comportamento que baliza a conduta do indivíduo num grupo. O homem, mais que formador da sociedade, é um produto dela. "

"O indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido, a saber quais são as suas origens e as condições de que depende. "

Como utilizar na redação?

Sempre que a redação estiver relacionando a educação a um aspecto social, é interessante utilizar Emile Durkheim, seja por citação direta – entre aspas com as exatas palavras do pensador -, seja por citação indireta (utilizando a paráfrase).

4. Pro dia nascer feliz – João Jardim, 2007

Esse documentário aborda o sistema educacional brasileiro, descrevendo realidades escolares de diferentes contextos sociais, econômicos e culturais a partir de diversos olhares sobre as realidades que constituem a estrutura educacional seja do ponto de vista da instituição, do aluno, do professor e da família. Propõe, ainda, demonstrar o abismo existente entre as escolas públicas e privadas e a relação do adolescente com a escola focando a desigualdade social e a banalização da violência.

5. Escritores da liberdade (2007)

Esse filme conta a história de Erin Gruwell, professora recém-formada que encontra um desafio ao lecionar para o primeiro ano do Ensino Médio em uma escola numa periferia problemática norte-americano.

O desafio enfrentado pela professora é grande: os alunos que encontra pelo caminho são marcados pela violência, pela descrença, pela desobediência, pela desmotivação e principalmente pelos conflitos raciais.

São jovens oriundos de famílias desestruturadas, vítimas de abandono e descaso. Na sala de aula, os alunos dividem-se naturalmente em grupos: os negros só interagem com os negros, os latinos andam com os latinos, os brancos conversam com os brancos.

Como usar na redação?

Esse filme mostra alguns dos conflitos encontrados por essa professora. É importante enfatizar na redação que tais problemas existem também no Brasil, e é uma realidade constante.

Gostou desse post?

Nos siga no Instagram para receber dicas de Redação, clicando nesse link.

maple 1
META