BannerAseguir3

E se o tema do ENEM for sobre Crise Hídrica? - Por Maísa Carla

Descubra como fazer uma redação, modelo ENEM, sobre Água !

Por Reddicas em 08/09/2020 às 20:10:11

"Estima-se que 97,5% da água existente no mundo e? salgada e não é adequada ao nosso consumo direto nem a? irrigação da plantação. Dos 2,5% de água doce, a maior parte (69%) é de difícil acesso, pois está concentrada nas geleiras, 30% são águas subterrâneas (armazenadas em aquíferos) e 1% encontra-se nos rios. "

Estes dados, retirados da página oficial da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), são bastante discutidos no ciclo básico e colegial, contudo, revelam a necessidade de debater sobre a água não somente no âmbito escolar, mas principalmente fora dele. Assim, é possível que seja uma problemática abordada como tema da redação do ENEM, pois, caracteriza um tema de ordem social, científica, cultural e política.

Levantar a pauta da água cabe associar à vários problemas que possivelmente estarão relacionados na sua prova, são eles o gerenciamento e consumo de recursos hídricos no Brasil, os impactos da escassez hídrica no século XX, democratização do acesso à água potável e ao saneamento básico no Brasil, e entre outros temas.

Tendo em mente as diversas variações adjacentes à essa causa, cabe a você se preparar para dissertar sobre a PROBLEMÁTICA DA ÁGUA, de forma geral que possibilite abordar as possíveis causas e consequências desse entrave na atualidade.

Assim, generalizando, entre os motivos do revés hídrico no Brasil, estão:

1- Mau gerenciamento dos recursos hídricos: isto é, da parte do Estado, não existe uma isonomia na distribuição da água. Enquanto uma parcela da população possui acesso abundante à água limpa e potável, outra parcela disputa uma fração insuficiente de água não tratada e prejudicial à saúde. De acordo com a ONU, um em cada três indivíduos não possuem acesso à água potável no mundo, isso equivale à cerca de 2,2 bilhões de pessoas.

2- Uso não consciente da população: em outras palavras, o desperdício de água normalizado pela sociedade revela a ignorância dos indivíduos sobre a necessidade de preservar a água, não somente para sua geração, mas para as vindouras. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a Water.org revela que a cada 100 litros de água captada e tratada, 40 litros são desperdiçados.

3- Crescimento urbano Vs. Capacidade dos reservatórios: esse, é um impasse levantado há um tempo pelo economista Thomas Malthus, no final do século XVIII, o qual afirmou que o aumento da população leva ao esgotamento de recursos naturais. Nessa perspectiva, um dos motivos para que o mundo esteja vivendo um momento de crise hídrica, é o crescimento populacional na ausência de uma eficaz política de preservação.

4- Poluição da água: seja por parte da população, seja por parte das indústrias, a poluição dos recursos hídricos são um entrave presente na atualidade. É necessário discutir quais são as possíveis causas da problemática e as consequências que afetam tanto a natureza quanto principalmente os seres humanos.

Após problematizar o tema, você precisa agora argumentar em cima de cada tese. Para isso, o seguinte repertório sociocultural vai dar suporte à sua argumentação:

1- Revolução Industrial: esse período trouxe grandes novidades para o mundo, transformou econômico e socialmente e mostrou transformações tecnológicas. Contudo, para atender as necessidades das evoluções, as riquezas naturais passaram a ser muito mais explorados e principalmente os recursos hídricos. Desde então, a disponibilidade da água passa a ser ameaçada e a crise começa a se tornar mais próxima da realidade.

2- Anthony Giddens – sociólogo britânico: afirma que a maior parte dos riscos aos quais somos submetidos atualmente são resultados direto dos próprios avanços técnicos e científicos dos últimos dois séculos.

3- 748 milhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável, e os principais afetados pela falta de abastecimento são pobres e mulheres. (Dados fornecidos pela UNESCO.)

4- Programa Água Doce- é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que visa estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano, incorporando cuidados técnicos, ambientais e sociais na implantação, recuperação e gestão de sistemas de dessalinização de águas salobras e salinas.

5- Artigo 225 da Constituição Federal – "Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. "

6- O quinze – Rachel de Queiroz: essa obra relata uma grande seca que ocorreu em 1915 no Nordeste Brasileiro. No livro, Rachel – que vivenciou esse acontecimento – relata todo o processo de êxodo e busca pela água, junto com todos os impactos à sociedade pela ausência de recursos hídricos.

7- Vidas Secas – Graciliano Ramos: é um romance, que retrata a vida de uma família que é obrigada a se deslocar várias vezes por conta da ausência de água.

Por fim, para concluir a sua redação, você precisa solucionar os problemas apresentados:

1- Investimento em infraestrutura para evitar vazamentos e ampliar as formas e setores de tratamento de água.

2- Campanhas de economia individual de água por meio de conscientização e aparelhos regulatórios na distribuição.

3- Ampliar o mapa distribuição com a finalidade de permitir a chegada de água em locais onde não usufrui atualmente.

Lembre-se, essas soluções são ideias para auxiliar você na elaboração da sua proposta, a qual deve conter os 5 elementos necessários para estar completa e eficaz.

Nos acompanhe no Instagram clicando nesse link.

maple 1
META